Amil é finalista do Prêmio Renato Castelo Branco, da ESPM

O filme Chantagem, que integra a mais recente campanha do movimento Obesidade Infantil NÃO, da Amil, está entre os cinco finalistas do Prêmio Renato Castelo Branco, iniciativa da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) para homenagear ações que promovam a sustentabilidade por meio da propaganda. Um dos diferenciais do prêmio é que não há inscrições: os concorrentes são indicados por 7 mil alunos de graduação da ESPM. Com duração de 30 segundos, o vídeo escolhido conta com depoimentos reais de crianças sobre as artimanhas que usam para convencer seus pais a deixarem-nas comer o que desejam. A peça foi selecionada entre cerca de 250 campanhas e concorre na categoria Empresas - Melhor Filme de TV ou Cinema. Realizada na cidade de São Paulo, a premiação acontece dia 18/5, após etapa de votação pública, e conta com a participação de estudantes e profissionais de marketing e comunicação das melhores universidades, empresas e agências de propaganda do país.

Sobre o movimento Obesidade Infantil NÃO:

O movimento Obesidade Infantil NÃO foi lançado pela Amil em 2014, com o objetivo de alertar a sociedade brasileira sobre a gravidade do problema: hoje, uma em cada três crianças está acima do peso no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde. Em sua mais recente etapa, a campanha foca na importância de os pais imporem limites aos filhos, especialmente na alimentação. Elaborada pela agência Artplan, a nova fase conta com peças para TV e mídias impressa e exterior, além de vídeos no YouTube que já alcançaram mais de 20 milhões de visualizações.