Amil patrocina palestra com professor da Harvard Business School, Clayton Christensen, na HSM ExpoManagement 2015

Especialista em inovações em saúde, Christensen é considerado um dos pensadores de gestão mais influentes do mundo

(São Paulo/SP - novembro de 2015) – Na segunda-feira, 9 de novembro, a Amil trouxe ao Brasil o professor da Harvard Business School, Clayton Christensen. Especialista mundial em estratégias de inovação e crescimento, Christensen apresentou no evento HSM ExpoManagement, uma palestra sobre estratégias para promover inovações radicais na indústria da saúde. Autor de livros sobre inovação em saúde, o professor foi eleito pelo ranking Thinkers 50, em 2013, como um dos pensadores de gestão em atividade mais influentes do mundo.

No evento, que tem o objetivo de debater, anualmente, as mais recentes ideias, tendências e conceitos mundiais em Gestão, Clayton Christensen discutiu as razões que levam os sistemas de saúde a terem um custo tão alto, se tornando, muitas vezes, inacessíveis. Entre as alternativas para combater esses problemas, Christensen defende a adoção de procedimentos mais sofisticados para a detecção de doenças. Segundo o autor, ainda que se apresente mais caro em um primeiro momento, essa mudança poderia gerar uma economia considerável de recursos ao viabilizar diagnósticos mais rápidos e precisos.

De acordo com Antonio Jorge Kropf, diretor Institucional da Amil, debates como esse contribuem para a criação de soluções para a sustentabilidade econômica do setor e melhor acesso da população a uma assistência de qualidade. “A saúde no Brasil tem diversos desafios, como o acesso a serviços de excelência, com custos viáveis, considerando um cenário de despesas crescentes provocadas pela inclusão de novas tecnologias e pelo envelhecimento da população. Uma discussão desse nível, voltada para o papel da inovação e liderada por um especialista de renome internacional, contribui efetivamente para que possamos chegar a soluções viáveis para o setor nos próximos anos”, afirma.

Além da palestra com o professor da Harvard Business School, a Amil conta com um estande no evento para a promoção do movimento Obesidade Infantil NÃO. No espaço, nutricionistas orientam o público sobre a composição de diversos alimentos, explicando quais são mais saudáveis para os pequenos e como alguns deles podem ser prejudiciais à saúde das crianças. O movimento foi criado com o objetivo de ampliar a conscientização da sociedade brasileira sobre a epidemia da obesidade infantil no país. Hoje, uma em cada três crianças brasileiras está acima do peso, segundo dados do Ministério da Saúde. Para a diretora de Sustentabilidade da Amil, Odete Freitas, “a epidemia de obesidade infantil é alarmante e tem que ser enfrentada com ações concretas. A Amil decidiu engajar-se nessa luta por ser um tema que integra o compromisso da empresa de contribuir para a saúde da população”.