Amil Dental é a primeira operadora odontológica do mundo a participar do movimento global What Matters To You

Criado por entidade escocesa, movimento acontece todo dia 6 de junho e sugere que profissionais de saúde de todo o mundo perguntem aos pacientes: “O que importa para você?”

Rio de Janeiro, RJ (junho de 2017) - A Amil Dental foi a primeira operadora odontológica do mundo a participar do movimento global What Matters To You, liderado pela organização escocesa Healthcare Improvement Scotland – entidade que visa contribuir para o avanço na qualidade de atendimento de saúde e assistência social naquele país. A iniciativa foi criada em 2016 e propõe que, a cada ano, no dia 6 de junho, os profissionais de todo o mundo atuantes nessas áreas façam uma pergunta específica às pessoas que cuidam ou apoiam: “O que importa para você?”. No caso da odontologia, o questionamento representa uma mudança de paradigma no cuidado, trocando a tradicional abordagem sobre ‘qual é o problema’ do paciente para ‘o que é importante’ para ele.

Em seu primeiro ano de participação no movimento, a Amil Dental focou os pacientes portadores de necessidades especiais. A cirurgiã-dentista Isabela Castro, credenciada à operadora, abordou os pais de dez pacientes especiais para entender o que cada um considera importante no cuidado odontológico de seus filhos. Os depoimentos foram enviados à organização Healthcare Improvement Scotland e à Amil Dental, que estudará intervenções a partir dos retornos recebidos.

“Esse projeto é fantástico no sentido de trazer o paciente para o centro do cuidado. Na odontologia, isso significa chamá-lo a participar das decisões sobre o seu tratamento. Na prática, representa oferecer um atendimento mais humanizado, escutando e entendendo melhor o que eles precisam. Com isso, reforçamos o laço entre dentista e paciente, construindo o cuidado com ele, e não para ele”, aponta Isabela Castro.

A dentista trabalha exclusivamente com pacientes especiais há sete anos. Danielle Lopes, mãe de Karina, foi uma das participantes do projeto. Ela gravou um vídeo em que contou o que considera importante para sua filha, que tem problemas neurológicos. Daniella buscou tratamento odontológico após atentar para a queda dos dentes da filha e o crescimento da gengiva. Karina tem traqueostomia e gastrostomia – condições que exigem cuidados odontológicos especiais.

“Muitos profissionais têm receio de lidar com crianças especiais, por medo de serem responsabilizados caso alguma coisa aconteça. Mas a odontologia na vida de uma criança especial é tão importante quanto na vida de uma criança normal. A doutora Isabela chega para atender a Karina com o seu jaleco colorido, touquinha, máscara com boca sorrindo e todo material esterilizado. Acho ótimo. O que importa pra mim é a minha filha e a saúde física, mental e bucal dela. O que importa é ela estar bem”, define a mãe.