Prêmio Amil Antonio Felipe Sanjuliani reconhece importância de trabalhos científicos sobre hipertensão

Vencedores serão anunciados durante o encerramento do congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão, no dia 15 de agosto

Rio de Janeiro, RJ (agosto de 2015) – A Amil realizará a cerimônia de entrega da primeira edição do Prêmio Amil Antonio Felipe Sanjuliani, no dia 15 de agosto, ao meio-dia, durante o encerramento do XXIII Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) – parceira da iniciativa –, no Hotel Windsor Barra, no Rio de Janeiro. O prêmio tem como objetivo reconhecer a relevância de projetos científicos nas grandes áreas temáticas do congresso: Clínica, Experimental, Atenção Multidisciplinar e Ligas de Hipertensão.

O nome da premiação foi inspirado em Antonio Felipe Sanjuliani, médico, professor e pesquisador da Uerj e coordenador da área médica da Faperj, falecido em outubro de 2014. Sanjuliani foi gerente de Gestão de Saúde da Amil e era vice-presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão, diretor científico da Sociedade de Hipertensão do Estado do Rio (Soherj) e diretor científico do Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). O médico desenvolveu estudos na área de hipertensão arterial ligada à obesidade e a outros distúrbios do organismo humano.

O prêmio recebeu um total de 289 inscrições de todo o país, sendo que os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais foram os que mais contaram com participantes (92 e 46, respectivamente). Os autores dos três melhores trabalhos de apresentação em pôster (trabalhos impressos), considerando as quatro áreas temáticas do congresso, serão presenteados com um iPad.

“Ao longo de 37 anos, a Amil vem contribuindo com o desenvolvimento da medicina em nosso país, por meio de diferentes iniciativas que trazem resultados diretos para o aprimoramento dos cuidados com a saúde dos brasileiros. O prêmio faz uma merecida homenagem a um colaborador dedicado e comprometido com essa nossa premissa, ao mesmo tempo que reconhece o empenho de profissionais que têm seu primeiro contato com a pesquisa científica a partir dessa premiação”, destaca Cristina Mendes, diretora médica nacional da Amil, que fará a entrega dos prêmios.